FANTASMAGORIAS DO PASSADO EM FOTOS ABANDONADAS: TECIDOS DA MEMÓRIA ATRAVÉS DE MIGRAÇÃO DE FOTOGRAFIAS

Francisco Alves Gomes, José Victor Dornelles Mattioni, Maria Conceição de Sant’Ana Barros Escobar

Resumo


Este artigo tem como objetivo analisar os tecidos das memórias da família Fortunato, por meio de fotografias, santinhos e recortes, descartados, depois encontrados por um coletor de inservíveis, diante de um contexto de avanço do uso desta técnica como forma de registro e construção de um acervo de família entre as décadas de 1920 a 1990. Fizemos o uso das leituras nos campos da Memória, História e Fotografia. Abordamos sobre as redes sociais construídas no decorrer da pesquisa para descobrir como os registros de uma família Paulistana, migraram para  Roraima até a doação para a Associação Roraimense de Fotografia (AfotoRR).


Palavras-chave


Fotografias; Memória; Família Fortunato; Redes sociais; Migração.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2176-2767.2021v70p118-149

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


________________________________________________________________________________________________________

Apoio:

 

Projeto História está indexada em: