UM PAULISTA RUMO AO BRASIL PROFUNDO

VIAGENS, TRADIÇÕES POPULARES E ENGAJAMENTO NACIONAL EM MÁRIO DE ANDRADE (1927-1929)

Autores

  • Alberto Luiz Schneider PUC-SP
  • Samara Chiaperini de Lima PUC-SP

DOI:

https://doi.org/10.23925/2176-2767.2022v73p186-219

Palavras-chave:

Mario de Andrade, viagens, tradições populares, modernismo brasileiro

Resumo

Este artigo pretende investigar o Mário de Andrade (1893-1945) viajante do final da década de 1920, com base nas suas viagens ao Norte (1927) e Nordeste (1928/1929) brasileiros, as quais tiveram como resultado os diários e as crônicas que integram o livro póstumo O turista aprendiz, publicado pela primeira vez em 1976. Discute-se o modo que Mário procurou atribuir um sentido nacional ao Brasil através das tradições populares, perspectiva já manifestada na obra de Sílvio Romero (1851-1914).  Sob esse horizonte, enfatiza-se as heranças intelectuais de Romero existentes nas produções do escritor modernista, apesar de suas evidentes atualizações. A partir das incursões pelo país, Mário constrói um discurso a respeito da cultura brasileira.

Biografia do Autor

Alberto Luiz Schneider, PUC-SP

Alberto Luiz Schneider é professor de História do Brasil e membro do Programa de Estudos Pós-Graduados em História da PUC/SP. Doutor em História pela Unicamp, com pós doutorado no departamento de História da USP e no King’s College London. Publicou vários artigos no Brasil e no exterior. É autor Capítulos de História Intelectual: racismos, identidades e alteridades na reflexão sobre o Brasil (Alameda, 2019). É membro do Grupo Pesquisa Pensamento Brasileiro (Arte, Literatura, História, Ciências Sociais).

Samara Chiaperini de Lima, PUC-SP

Samara Chiaperini de Lima é graduada em História na PUC/SP. Realizou Iniciação Científica intitulada “Mário de Andrade viajante (1927-1929): ao encontro da brasilidade”, no período de 2020-2021, sob a orientação do professor Alberto Luiz Schneider. É membro do Grupo Pesquisa Pensamento Brasileiro (Arte, Literatura, História, Ciências Sociais). O presente texto é um desdobramento dos diálogos entre os autores no âmbito da referida iniciação científica.

Referências

ALBUQUERQUE JÚNIOR, D. M. de. A invenção do nordeste e outras artes. São Paulo: Cortez, 2011.

AMARAL, Aracy. Blaise Cendrars no Brasil e os modernistas. São Paulo: Editora 34, 2021.

ANDRADE, M. de. O movimento modernista. Rio de Janeiro: Casa do Estudante do Brasil, 1942.

ANDRADE, M. de. “A música e a canção populares no Brasil”. In: Obras Completas. t.6. São Paulo: Martin Fontes, 1967.

ANDRADE, M. de. “O samba rural paulista”. In: Aspectos da música brasileira. São Paulo: Martins Fontes, 1972.

ANDRADE, M. de. O Aleijadinho (1928). In: Aspectos das Artes Plásticas no Brasil. São Paulo: Martins Fontes, 1975.

ANDRADE, M. de. Macunaíma, o herói sem nenhum caráter. Edição crítica Telê Porto Ancona Lopez, coordenadora. 2ª ed. Madrid; Paris; México; Buenos Aires; São Paulo; Rio de Janeiro; Lima: ALLCA XX: 1996.

ANDRADE, Mário de. A lição do amigo: cartas de Mário de Andrade a Carlos Drummond de Andrade (1924/1945). Rio de Janeiro: Record, 1988

ANDRADE, M. de. Danças dramáticas do Brasil. Edição organizada por Oneyda Alvarenga. Belo Horizonte: Ed. Itatiaia, 2002a.

ANDRADE, M. de. Machado de Assis (1939). In: Aspectos da literatura brasileira. Belo Horizonte: Editora Itatiaia, 2002b.

ANDRADE, M. de. Os cocos. Preparação, ilustração e notas de Oneyda Alvarenga. Belo Horizonte: Itatiaia, 2002c.

ANDRADE, M. de. “Táxi: Amazônia”. In: Táxi e crônicas no Diário Nacional. Estabelecimento de texto, introdução e notas de Telê Porto Ancona Lopez. Belo Horizonte: Editora Itatiaia, 2005.

ANDRADE, M. de. Música de Feitiçaria no Brasil. Belo Horizonte: Ed. Itatiaia, 2006.

ANDRADE, M. de. Poesias completas, v.1. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2013.

ANDRADE, M. de. O turista aprendiz. Edição de texto apurado, anotada e acrescida de documentos por Telê Ancona Lopez, Tatiana Longo Figueiredo; Leandro Raniero Fernandes, colaborador. Brasília, DF: Iphan, 2015.

ANDRADE, M. de. Amar, verbo intransitivo. Barueri, SP: Novo Século Editora, 2017.

ANDRADE, M. de. O folclore no Brasil. In: Aspectos do folclore brasileiro. São Paulo: Global, 2019.

ANDRADE, M. de Ensaio sobre a música brasileira. Organização, estabelecimento de texto e notas por Flávia Camargo Toni. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2020.

ANTELO, R. Na ilha de Marapatá: Mário de Andrade lê os hispano-americanos. São Paulo: HUCITEC; [Brasília]: INL, Fundação Nacional Pró-Memória, 1986.

CANDIDO, A. Literatura e Sociedade. Rio de Janeiro: Ouro Azul, 2019.

CANDIDO, A. Formação da literatura brasileira. vol. 2. Belo Horizonte/Rio de Janeiro: Itatiaia, 1993.

DUARTE, P. “Cartas de Sérgio Milliet”. In: Mário de Andrade por ele mesmo. São Paulo: Hucitec Editora, 1985.

CARNICEL, A. O fotógrafo Mário de Andrade: revisita ao Turista Aprendiz. Dissertação (Mestrado). Campinas, UNICAMP, 1993.

FERNANDES, F. O Folclore em questão. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2020.

GOMES JÚNIOR, G. S. Mal de Nabuco: Paisagem, crônica e crítica, Tempo Social, revista de sociologia da USP, v. 27, n. 2, 2015, pp. 201-230.

IANNI, O. Enigmas da Moderniade-Mundo. 3º ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003.

JARDIM, E. A brasilidade modernista sua dimensão filosófica. Rio de Janeiro: Ed. PUC-Rio: Ponteio, 2016.

MICELI, Sérgio. “Mário de Andrade: a invenção do moderno intelectual brasileiro” . In: BOTELHO, André; SCHWARCZ, Lilia Moritz (Orgs.). Um enigma chamado Brasil: 29 intérpretes e um país. São Paulo Companhia das Letras, 2009

MORAES, M. A. de (Org.). Correspondência: Mário de Andrade & Manuel Bandeira. São Paulo: IEB- USP/ Edusp, 2001.

MORAES, M. A. de (Org.). Câmara Cascudo e Mário de Andrade: cartas, 1924- 1944. São Paulo: Global Editora, 2010.

LIMA, L. C. Terra ignota: a construção de Os Sertões. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1997.

LIRA, J. T. C de. Naufrágio e galanteio: viagem, cultura e cidades em Mário de Andrade e Gilberto Freyre. In: Revista brasileira de ciências sociais, vol. 20, no. 57, 2005.

LOPEZ, T. A. Mário de Andrade: Ramais e caminho. São Paulo: Duas Cidades, 1972.

LOPEZ, T. A. (Org.). Mário de Andrade: fotógrafo e turista aprendiz. São Paulo: IEB-USP, 1993.

LOPEZ, T. A. “Dossier da obra: memória”. In: ANDRADE, M. de. Macunaíma, o herói sem nenhum caráter. Edição crítica Telê Porto Ancona Lopez, coordenadora. 2ª ed. Madrid; Paris; México; Buenos Aires; São Paulo; Rio de Janeiro; Lima: ALLCA XX: 1996.

LOPEZ, T. A. A imagem de Mário: fotobiografia de Mário de Andrade. Rio de Janeiro: Edições Alumbramento/ Livroarte Editora, 1998

LOPEZ, T. A. Turista Aprendiz na Amazônia: a invenção no texto e na imagem. Anais do Museu Paulista, São Paulo. N. Sér. V. 13. nº 2, jul-dez 2005.

ROMERO, S. Passe recibo: réplica a Teófilo Braga. Belo Horizonte: Imprensa Oficial, 1904.

ROMERO, S. História da literatura brasileira. tomo 1. Rio de Janeiro: José Olympio, 1953.

ROMERO, S. Folclore brasileiro: cantos populares do Brasil. Belo Horizonte: Itatiaia; São Paulo: EdUSP, 1985.

ROMERO, S. Machado de Assis: estudo comparativo de literatura brasileira. Campinas: Editora da Unicamp, 1992.

SCHNEIDER, A. L. Sílvio Romero Hermeneuta do Brasil: três raças e miscigenação na formação de uma imagem de brasilidade. São Paulo: Annablume, 2005.

SCHNEIDER, A. L. “Mário de Andrade, leitor de Sílvio Romero”. In.: CARVALHO, F. A. de.; EUGÊNIO, J. K. (orgs.). Interpretações do Brasil. 1ª ed. Rio de Janeiro: E-papers. 2014.

SCHNEIDER, A. L. “Machado de Assis e Sílvio Romero: tensões de um Brasil em tempos de racismo científico e abolicionismo”. In Capítulos de história intelectual: racismos, identidades e alteridades na reflexão sobre o Brasil. São Paulo: Alameda, 2019.

SEVCENKO, N. Orfeu extático na metrópole - São Paulo, sociedade e cultura nos frementes anos 20. São Paulo: Companhia das Letras, 1992.

SEVCENKO, N. Literatura como Missão: Tensões Sociais e Criação Cultural na Primeira República. 2a Edição. São Paulo: Companhia das Letras, 2003.

SOUZA, G. de M. e. O tupi e o alaúde: uma interpretação de Macunaíma. 2ª Edição. São Paulo: Duas Cidades; Editora 34, 2003.

SOUZA, G. de M. e. A ideia e o figurado. São Paulo: Duas Cidades / Editora 34, 2005.

TÉRCIO, Jason. Em busca da alma brasileira: biografia de Mário de Andrade. Rio de Janeiro: Estação Brasil, 2019.

TRAVASSOS, E. Mário e o Folclore. In: BATISTA, Marta Rossetti (org.). Revista do Patrimônio Artístico Nacional, n° 30, 2002.

Downloads

Publicado

2022-05-01