TRABALHO E ADOECIMENTO NO GOVERNO VARGAS (PARAÍBA, 1930-1945)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.23925/2176-2767.2022v73p357-380

Palavras-chave:

Governo Vargas, Relações de trabalho, Cidadania

Resumo

Analisamos as condições de vida dos trabalhadores paraibanos entre 1930 e 1945, demonstrando que o trabalho continuou sendo fator de exploração e adoecimento. Também evidenciamos que, apesar da política repressiva, os trabalhadores reivindicavam direitos, inclusive apropriando-se do discurso oficial. Para tanto, analisamos jornais da época: A União e Voz da Borborema, alinhados com os grupos dominantes; e A Batalha, um “Órgão dos Trabalhadores”.

Biografia do Autor

Leonardo Querino Barboza Freire dos Santos, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba

Possuo graduação em História pela Universidade Federal de Campina Grande (2012), mestrado em História pela Universidade Federal de Campina Grande (2015) e doutorado em História Social pela Universidade de São Paulo (2020). Atualmente, sou professor efetivo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba - IFPB. Tenho experiência de ensino e pesquisa na área de História, com ênfase em História do Brasil República, atuando principalmente nos seguintes temas: História da medicina, História do trabalho e História da imprensa.

Referências

AIRES, José Luciano de Queiroz. Cenas de um espetáculo político: poder, memória e comemorações na Paraíba (1935-1945). Doutorado em História, CFCH/ UFPE, Recife, Brasil, 2012.

ANTUNES, Ricardo. Coronavírus: o trabalho sob fogo cruzado. São Paulo: Boitempo, 2020.

ARAÚJO, Fátima. Paraíba – Imprensa e vida: Jornalismo Imprenso (1826 a 1986). João Pessoa: Grafset, 1986 [2ª Ed.].

BARRETO, Margarida; HELOANI, Roberto. Violência, saúde e trabalho: a intolerância e o assédio moral nas relações laborais. Serviço Social & Sociedade, n. 123, 2015, pp. 544-561.

BERCITO, Sonia de Deus Rodrigues. Corpos-máquinas: trabalhadores na produção industrial em São Paulo (décadas de 1930 e 1940). In: DEL PRIORE, Mary; AMANTINO, Marcia (orgs.). História do corpo no Brasil. São Paulo: Editora Unesp, 2011.

BEZERRA, José Arimatea Barros. Educação alimentar e a constituição de trabalhadores fortes, robustos e produtivos: análise da produção científica em nutrição no Brasil, 1934-1941. História, Ciências, Saúde – Manguinhos, v. 19, n. 1, 2012, pp. 157-179.

CABRAL FILHO, Severino. Imagens em contraponto: memórias de modernização, trabalho e dor – Campina Grande, 1930-1950. In: VI Simpósio Nacional de História Cultural, 2012, Teresina-PI. Anais eletrônicos [...] Teresina: UFPI, 2012.

CADAVIZ, Aline Kassick. Proletários de todo o mundo, higienizai-vos!: o discurso higienista impresso nos jornais dos trabalhadores (Porto Alegre: 1900 – 1919). Mestrado em História. Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas/PUCRS, Porto Alegre, Brasil, 2010.

DINIZ, Ariosvaldo da Silva. A maldição do trabalho: homens pobres, mendigos, ladrões no imaginário das elites nordestinas (1850 – 1930). João Pessoa: Editora Manufatura, 2004.

FERREIRA, Jorge Luiz. Trabalhadores do Brasil: o imaginário popular (1930 – 1945). Rio de Janeiro: Editora Fundação Getúlio Vargas, 1997.

FOUCAULT, Michel. Vigiar e punir: nascimento da prisão. Tradução Raquel Ramalhete. 41. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2013.

GOMES, Ângela de Castro. A invenção do Trabalhismo. 2. ed. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 1994.

GOMES, Ângela de Castro. Cidadania e direitos do trabalho. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2002.

GRAMSCI, Antonio. Cadernos do cárcere. Tradução Luiz Sérgio Henriques. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2002. v. 5.

GURJÃO, Eliete de Queiroz. Morte e vida das Oligarquias. Paraíba (1889 – 1945). João Pessoa: Editora Universitária/UFPB, 1994.

HARDMAN, Foot; LEONARDI, Victor. História da indústria e do trabalho no Brasil. São Paulo: Editora Ática, 1991 [2ª Ed.].

MARTINS, Eduardo. A União: jornal e história da Paraíba, sua evolução gráfica e editorial. João Pessoa, PB: A União, 1977.

MATIAS, Alisson Luna. Vozes dissonantes do “progresso”: cotidiano, exploração e resistência dos operários em Campina Grande (1930 – 1965). Mestrado em História, CH/ UFCG, Campina Grande-PB, Brasil, 2013.

MERESSI, Fernando Sertã. Salário mínimo e satisfação de necessidades vitais básicas no Brasil (2004 – 2013). Doutorado em Desenvolvimento, Sociedade e Cooperação Internacional, Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares/UnB, Brasília, Brasil, 2016.

PERROT, Michelle. Os excluídos da história: operários, mulheres e prisioneiros. Tradução Denise Bottmann. Rio de Janeiro/São Paulo: Paz e Terra, 2017 [8ª Ed.].

REVEL, Jacques; PETER, Jean-Pierre. O corpo: o homem doente e sua história. In: LE GOFF, Jacques; NORA, Pierre. (Dir.). História: Novos Objetos. Rio de Janeiro: F. Alves, 1988 [3ª Ed.].

SANTANA, Martha Maria Falcão. Poder e Intervenção Estatal – Paraíba: 1930-1940. João Pessoa: Editora Universitária/UFPB, 1999.

SANTOS, Wanderley Guilherme dos. Cidadania e Justiça: a política social na ordem brasileira. Rio de Janeiro: Campus, 1979.

SILVA, Tânia Elias Magno da. Josué de Castro e os estudos sobre a fome no Brasil. Cronos, v. 10, n. 1, 2009. pp. 51-57.

SINGER, Paul. A cidadania para todos. In: PINSKY, Jaime; PINSKY, Carla Bassanezi (org.). História da cidadania. São Paulo: Contexto, 2012, p. 190 – 263 [6ª Ed.].

SOUSA, Fábio Gutemberg Ramos Bezerra de. Territórios de confrontos: Campina Grande – 1920-1945. Campina Grande, PB: EDUFCG, 2006.

FONTES

A ALIMENTAÇÃO... A alimentação dos brasileiros. A União, João Pessoa, 16 de julho de 1935.

A CASA... A casa. A União, João Pessoa, 6 de dezembro de 1932.

A DESAGREGAÇÃO... A desagregação da família moderna. Voz da Borborema, Campina Grande-PB, 28 de maio de 1938.

A HIGIENE... A higiene Campinense está em estado de coma. A Batalha, Campina Grande-PB, 19 de dezembro de 1934.

A VIDA... A vida dos trabalhadores na fábrica de fiação e tecidos dos senhores Marques de Almeida & Cia. A Batalha, Campina Grande-PB, 14 de novembro de 1934.

ÀS VISTAS... Às vistas do senhor Fiscal do Trabalho. A Batalha, Campina Grande-PB, 5 de dezembro de 1934.

MAGALHÃES, Jósa. De vez em vez. Revista Médica da Paraíba, n. 16, p. 1 – 2, set. 1939.

NÃO SE JUSTIFICA... Não se justifica. A Batalha, Campina Grande-PB, 10 de janeiro de 1935.

NOTA... Nota do dia. A Batalha, Campina Grande-PB, 24 de setembro de 1934.

O HORÁRIO... O horário do trabalho do comércio de Cruz das Armas. A União, João Pessoa, 24 de dezembro de 1933.

OS OPERÁRIOS... Os operários tecelões estão sendo ludibriados. A Batalha, Campina Grande-PB, 24 de setembro de 1934.

SOLICITADAS... Solicitadas. A Batalha, Campina Grande-PB, 28 de março de 1935.

TRABALHO... Trabalho e afecções da pele. A União, João Pessoa, 4 de junho de 1940.

Downloads

Publicado

2022-05-01