O BRASIL DE SÍLVIO ROMERO: UMA LEITURA DA POPULAÇÃO BRASILEIRA NO FINAL DO SÉCULO XIX

Alberto Luiz Schneider

Resumo


Este artigo pretende explorar a maneira como Sílvio Romero – um dos importantes intelectuais brasileiros do final do século XIX – interpretou a população brasileira e o próprio país. O autor construiu uma teria do Brasil, ou um sistema interpretativo, onde buscou equilibrar, por um lado, a defesa da modernização e da ocidentalização do país, e por outro, assumiu um notável traço nacionalista, a ponto de defender a mestiçagem herdada por período colonial, apensar de suas convicções científico-racialistas. Sob esses dois horizontes políticos aparentemente contraditórios, a ocidentalização e o nacionalismo, o autor leu questões como a presença negra no Brasil, a mestiçagem e a imigração europeia.

Palavras-chave


Silvio Romero; imigração europeia; mestiçagem

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


________________________________________________________________________________________________________

Apoio:

 

Projeto História está indexada em: