DA DEPRAVAÇÃO AO DESPERDÍCIO DE RECURSOS: ESTRATÉGIAS DE DESCONSTRUÇÃO DA UNIVERSIDADE PÚBLICA EM REDES DE FAKE NEWS

Renata Nobre Tomás, Lorena Maria Nobre Tomás, Elaine Pereira Andreatta

Resumo


Este artigo analisa fake news que circulam sobre as universidades brasileiras a fim de identificar as principais estratégias discursivas empregadas e seus efeitos de sentido pretendidos. Para isso, foram selecionadas 17 fake news checadas pela Agência Lupa de janeiro de 2019 a agosto de 2020. O trabalho está fundamentado em Jenkins (2009), Wardle (2017), Santaella (2003, 2010, 2018, 2019), Bucci (2019a, 2019b), Haroche, Pêcheux e Henry (2007), Pêcheux (2009) e Maingueneau (2008, 2013, 2014, 2015). A análise partiu do agrupamento das fakes em quatro temas: “Nudez”, “Drogas”, “Gastos e produtividade” e “Outros”. Por fim, o corpus foi analisado em torno de quatro categorias: cenografia, tipos de fake, estratégias discursivas e efeitos de sentido pretendidos.

 

Palavras-chave: Cultura digital. Fake news. Universidade. Formação discursiva. Estratégias discursivas.

 


Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




     INDEXADORES: