REPOSITÓRIOS DE MODELOS FALADOS: ANÁLISE DE MARCAS INTERACIONAIS NO TEXTO TEATRAL “QUANDO AS MÁQUINAS PARAM”.

Ana Carina Viana de Carvalho Rocco, Ana Rosa Ferreira Dias

Resumo


O artigo apresenta análise de marcas de oralidade presentes em diálogo ficcional do texto teatral "Quando as máquinas param" de Plínio Marcos. Por estar relacionado ao estudo das relações entre fala e escrita, definiu-se usar aparato teórico relacionado à Análise da Conversação, com ênfase na metodologia de microanálise e macroanálise proposta por Dino Preti (2004) em seu livro Estudos de Língua Oral e Escrita para análise de diálogos ficcionais. Diante das categorias propostas pelo pesquisador, privilegiou-se a investigação de algumas das marcas recorrentes em textos orais, tais como uso de palavrão e gírias, utilização de frases formulaicas e emprego de estratégias conversacionais.


Palavras-chave


Análise da Conversação; Língua falada e língua escrita; Marcas interacionais; Análise de diálogos ficcionais.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2316-3267.2020v9i3p195-211

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




     INDEXADORES: