HISTÓRIA(S) DA LÍNGUA E EDUCAÇÃO LINGUÍSTICA: CONTRIBUIÇÕES A ENSINANTES-APRENDENTES

Dieli Vesaro Palma, Thiago Zilio-Passerini

Resumo


Este artigo originou-se de uma das mesas-redondas organizadas pelo GPEDULING, no segundo semestre de 2020, da qual participaram o Prof. Dr. Henrique Monteagudo e o Prof. Dr. Carlos Alberto Faraco, para tratar da relevância do conhecimento histórico da língua na formação do professor de português. Diante disso, o objetivo do presente trabalho é apresentar uma reflexão acerca das contribuições trazidas pelo conhecimento da dimensão histórica do português aos seus ensinantes-aprendentes. Para tanto, partiu-se dos princípios da Educação Linguística postulados por Bechara (2009 [1985]) e Palma e Turazza (2014), bem como das contribuições de Bagno (2011; 2015) e Faraco (2006 [2014]; 2008[2017]; 2019). A discussão levantada demonstrou que o conhecimento da(s) história(s) da língua é de grande valia aos ensinantes-aprendentes, seja em sua prática docente, seja na postura por eles adotada diante de seu objeto de estudo.


Palavras-chave


Educação Linguística. História e Historiografia da Língua Portuguesa. Ensino-aprendizagem do português. Linguística Histórica.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2316-3267.2020v9i3p179-194

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




     INDEXADORES: