INTERFERÊNCIA DE L1 EM PRODUÇÕES EM L2: O CASO DAS ORAÇÕES RELATIVAS PREPOSICIONADAS EM PORTUGUÊS BRASILEIRO E INGLÊS

Marcelo Marques RANGEL

Resumo


Questões sobre orações relativas formam um tema profícuo nos estudos linguísticos de modo geral. Por possuírem uma certa complexidade estrutural, o tema rende diversos estudos sobre sua estrutura e sua aquisição. O objetivo do presente trabalho é comparar as orações relativas preposicionadas em Inglês e em Português brasileiro com base em duas propostas de análises compatíveis, de modo a entender a natureza de certas produções em Inglês como segunda língua por falantes nativos de Português Brasileiro. A comparação das estruturas nos permitiu analisar essas produções em termos de interferência de L1 e levantar questionamentos relacionados a este trabalho para estudos futuros.


Palavras-chave


orações relativas preposicionadas; português brasileiro; bilinguismo; interferência; segunda língua

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Intercâmbio está indexada em:

       

Catálogo de Bibliotecas:

ISSN 2237-759X

A Intercâmbio e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/intercambio. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/intercambio.