Avaliação do Uso de Accruals Discricionários: Uma Abordagem Qualitativa quanto às práticas de Auditoria e seu Poder de Mitigação

Liliane Cristina Segura, Rodrigo Romanato Leite, Henrique Formigoni, Flavio Roberto Mantovani

Resumo


As práticas de gerenciamento de resultado passaram a ser estudadas com mais intensidade, no âmbito internacional, após os escândalos corporativos ocorridos no início deste século. Os escândalos corporativos de grandes companhias levaram ao julgamento dos investidores e das empresas o efetivo papel da auditoria e a qualidade do seu trabalho, discutindo-se questões como competências, credibilidade e independência.No Brasil, as pesquisas sobre esse tema têm sido desenvolvidas, principalmente, as abordagens quantitativas. Com base na literatura existente, este trabalho objetivou investigar quais são os principais fatores que determinam o maior poder das grandes empresas de auditoria (Big Four) na mitigação das práticas de gerenciamento de resultado. A pesquisa é de natureza exploratória, com o uso do método qualitativo, utilizando como procedimento para a coleta de dados, entrevistas que foram tratadas por meio da análise de conteúdo. Como principais resultados identificaram-se os principais fatores de diferenciação do trabalho das empresas objeto deste estudo: ambiente de inserção da empresa e relacionamento com o exterior; estrutura da empresa de auditoria; exposição da empresa de auditoria; ferramentas de auditoria; atendimento às normas de independência; metodologia de trabalho e procedimentos de auditoria; treinamento e qualificação dos auditores.


Palavras-chave


Gerenciamento de resultados; Auditoria.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2446-9513

 

INDEXADORES