Relação entre o valor adicionado distribuído e a satisfação dos funcionários

Felipe Calas Rosa, Thiago Oliveira Mandu, Marta Cristina Pelucio Grecco, Fabiana Lopes da Silva, Maria Thereza Pompa Antunes

Resumo


As empresas têm buscado melhorar o ambiente organizacional visando promover um melhor clima organizacional e até mesmo o sentimento de felicidade no trabalho, diante disso, este estudo tem como objetivo investigar a relação entre o Valor Adicionado Distribuído aos Empregados (VADE), extraído da Demonstração do Valor Adicionado (DVA), e o Índice de Felicidade no trabalho (IFT), publicado pela Revista Você S/A. A amostra foi constituída a partir da população de empresas listadas pela Revista Você S/A, como as melhores empresas para se trabalhar, foram selecionadas aquelas que tem obrigatoriedade de publicação da DVA, resultando em uma amostra de 21 empresas. Por meio de pesquisa quantitativa foi aplicada regressão linear simples, através do software GRETL, com a finalidade de analisar a relação entre a variável dependente IFT e a variável independente “VADE/VAD”. Não foram encontradas evidências empíricas entre o valor de riqueza distribuído aos funcionários e o IFT.


Palavras-chave


Demonstração do Valor adicionado, Índice de Felicidade no Trabalho, Contabilidade Social.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2446-9513.2019v6i2p1-20

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2446-9513

 

INDEXADORES