A contribuição da narrativa The man in the Moone de Francis Godwin para cogitações seiscentistas sobre a Lua

Vera Cecília Machline

Resumo


Com base em preceitos da História da Ciência, o objetivo deste artigo é reconstituir o contexto da narrativa de Francis Godwin intitulada The Man in the Moone (em português, O Homem na Lua), que estimulou novas cogitações seiscentistas sobre a Lua. Conforme será visto aqui, originalmente publicada em 1638, essa obra pertence a uma vertente literária de viagens imaginárias a orbes extraterrestres surgida no início dos tempos modernos, que tem pontos em comum com o gênero inaugurado pela Utopia de Thomas More. Entretanto, a narrativa de Godwin influenciou especialmente outra linhagem da época, constituída por escritos cosmológicos argumentando que – tal como a Terra – a Lua e outros astros poderiam ser habitados.


Palavras-chave


História da Ciência; Cogitações seiscentistas sobre a lua; Viagens imaginárias extraterrestres; Utopia; Francis Godwin

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.