Algumas cidades da África contemporânea: rituais e experiências no bifronte tradição versus modernidade

Eduardo Antonio Bonzatto

Resumo


A experiência da morte é a experiência do poder. Nesse sentido, este ensaio tem por objetivo apresentar três momentos da história contemporânea da África em que o poder eurocêntrico contribuiu para um “diálogo” amparado quase que exclusivamente na violência. Os grupos aqui apresentados como agentes preferenciais desse “diálogo” são os hutu das cidades de Ruanda, os haouká de Accra e os muti da África do Sul e suas expressões por vezes confundem nossa sensibilidade quanto a seus propósitos. Não nos iludamos: é conosco que dialogam, com nossa filiação às mesmas matrizes de dominação no ambiente mais representativo dessa herança: as modernas cidades africanas.

Palavras-chave


Dominação; Cidade; Violência

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.