A LUA A SER PISADA: HUMANA CONDIÇÃO – UMA LEITURA DA CONDIÇÃO FEMININA NA POESIA DE ANA LUÍSA AMARAL

Rhea Sílvia Willmer

Resumo


A escrita de Ana Luísa Amaral – apesar de não ter sido escrita “em estados de censura, de proibição do livre trânsito da palavra, onde a poesia aprende a dizer” (utilizo aqui palavras do professor Jorge Fernandes da Silveira) – “escreve o sentido de falar de liberdade em tempos de opressão”, pois às mulheres ainda é dificultado o acesso ao poder e ao cânone: “o sexo das mulheres não lhes permitiu (e continua a dificultar) o acesso a certas estruturas de poder, a ‘condição’ de ser mulher, a transparecer no texto, não pode constituir-se como um mero reflexo ou imagem inversa do que se passa no caso masculino”, a poesia de Ana Luísa Amaral está tomada por profunda reflexão acerca do feminino.

Palavras-chave


Poesia portuguesa, Ana Luísa Amaral, “Condição Humana”.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 FronteiraZ : Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

FronteiraZ está indexada em: