Processo sucessório na governança de organizações familiares: um estudo exploratório nas “Mehores Empresas"

Rodrigo Silva

Resumo


Este artigo se propõe a levantar práticas por meio das quais organizações familiaresenfrentam o desafio da sucessão dos seus profissionais. Para o cumprimento desseobjetivo foi realizada uma pesquisa exploratória de levantamento de práticas relativas aoplanejamento sucessório entre as Melhores Empresas para Você Trabalhar no Brasil. Como intuito de levantar as principais características do planejamento sucessório adotadas pelasorganizações familiares, foi realizada uma pesquisa de levantamento exploratória. Para arealização das análises do presente trabalho, foram consideradas as ações de Dutra (2010)para estruturação do planejamento sucessório. Em síntese, a literatura evidencia que emboraa sucessão constitua evento de fundamental importância para a continuidade dos negócios esobrevivência das empresas familiares, ela poderá tornar-se traumática, se não for conduzidade forma racional, o que demonstra a necessidade de tal processo se desenvolver através deplanejamento cuidadoso e racional, que procure levar em conta a ampla gama de fatores queo afetam. No caso das empresas familiares, nota-se o desafio de considerar as questõesemocionais e afetivos na discussão do planejamento sucessório. Constatou-se pouca atençãoaos aspectos emocionais do processo sucessório nas organizações familiares.

Palavras-chave


processo sucessório, governança, organizações familiares

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.20503/recape.v4i1.19416

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.