A Transição de Carreira de Executivos Seniores para Carreira Empreendedora

Mônica Maria Neves, Wilson Trevisan, Leandro Augusto Petrokas

Resumo


A proposta deste artigo foi verificar se há relação entre a decisão de empreender do executivo sênior com a âncora de carreira criatividade empreendedora, uma das oito “Âncoras de Carreira” propostas por Schein (1996). Foi utilizada uma amostra intencional de indivíduos que passaram por um processo de orientação de carreira pela empresa de consultoria DBM e tomaram a decisão de empreender.

O estudo fundamentou-se na dificuldade que o profissional sênior, acima de 50 anos, encontra para se recolocar no mercado formal de trabalho, fazendo com que ele avalie outras opções de carreira, dentre elas o empreendedorismo.

Por meio da análise dos resultados das “Âncoras de Carreira” destes indivíduos, obtidas por ocasião do processo de orientação de carreira na consultoria DBM, foi avaliada a convergência de opiniões em relação às oito âncoras e se houve incidência maior na âncora que avalia a criatividade empreendedora. Os resultados mostraram que há predomínio da âncora criatividade empreendedora para os profissionais que optaram por negócio próprio e também da âncora técnica funcional e gerência geral o que pode indicar a influência do ambiente corporativo na trajetória profissional destes indivíduos.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.20503/recape.v1i2.8882

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.