Ressonâncias semióticas na comunicação

Autores

  • Lucrécia D’Alessio Ferrara Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.23925/2316-5278.2022v23i1:e59111

Resumo

O objetivo deste trabalho é estudar a relação que se estabelece entre as características da fenomenologia filosófica, a natureza do conhecimento que dela deriva e o modo como interfere sobre a produção do conhecimento em comunicação. Em primeiro lugar, observa-se a concepção de comunicação como processo transmissivo desenvolvida pelos clássicos estudos de mídia ou pelos processos de comunicação de massa. Em seguida, aproximam-se comunicação e semiótica como campos epistemológicos que, embora desenvolvam mútuas influências científicas, são, não raro, considerados áreas científicas distintas atualmente, observa-se a emergência de outras bases de reflexão que podem aproximar a comunicação e a semiótica, enquanto áreas científicas.

Metrics

Carregando Métricas ...

Referências

BATESON, Gregory. Uma unidad sagrada Pasos ulteriores hacia uma ecologia de la mente. Barcelona: Gedisa, 2006.

FERRARA, Lucrécia D’Alessio. Comunicar e semiotizar. In: FERREIRA, Jairo (org.). Cenários, teorias e epistemologias da comunicação. Rio de Janeiro: E-Papers, 2007.

IBRI, Ivo A. A dupla face dos hábitos: tempo e não-tempo na experiência pragmática. In: IBRI, Ivo A. Semiótica e pragmatismo: interfaces teóricas. v. 2. Marília: Oficina Universitária; São Paulo: Cultura Acadêmica, 2021. p. 71-100.

JAKOBSON, Roman. Lo sviluppo della semiótica. ECO, Umberto (org.). Milão: Bompiani, 1978.

MCLUHAN, Marshall. Mcluhan por Mcluhan: entrevistas e conferências inéditas do profeta da globalização. MCLUHAN, Stephanie; STAINES, David (orgs.). Rio de Janeiro: Ediouro, 2005.

PEIRCE, Charles S. Collected papers of Charles Sanders Peirce. HARTSHORNE, Charles. WEISS, Paul (Eds.). v. 1-6. BURKS, Arthur W (Ed.). v. 7-8. Cambridge, MA: Harvard University Press, 1931-1935; e 1958. 8 v.

Downloads

Publicado

2022-08-30

Como Citar

Ferrara, L. D. (2022). Ressonâncias semióticas na comunicação. Cognitio: Revista De Filosofia, 23(1), e59111. https://doi.org/10.23925/2316-5278.2022v23i1:e59111