A relação das ciências normativas e a predisposição para agir na filosofia de Peirce

Autores

  • José Luiz Zanette Pontifiícia Universidade Católica de São Paulo, Centro de Estudos de Pragmatismo

DOI:

https://doi.org/10.23925/2316-5278.2023v24i1:e63651

Palavras-chave:

Ciências normativas, Criticismo, Ideal de justiça, Pragamaticismo, Sinequismo

Resumo

O artigo objetiva mostrar que Peirce, após constatar a apropriação que James e outros fizeram do Pragmatismo, levando-o para longe de um ideal de justiça e mantendo-o a serviço de uma “nauseante utilidade”, cujo princípio de que somente a utilidade individual, incluindo o bem-estar espiritual, seria a meta final de toda prática, buscou uma filosofia que mantivesse a lógica e a ciência unidas a um modo realista e com leis que pudessem ser metafisicamente reais. Percebeu, dessa forma, a necessidade de transcender as considerações hipotéticas incorporadas ao sentido da máxima pragmática, afastando-a do risco nominalista. Nesse processo, teve em consideração duas novas ciências normativas, a estética e a ética, além da lógica, para que o Pragmaticismo em criticismo inteligente, investigasse se um fim admirável de um sujeito era passível de ser perseguido em um indefinido e prolongado curso da ação, e não atentando somente à utilidade individual, resgatando o ideal de justiça para o renomeado Pragmatismo, o Pragmaticismo.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

José Luiz Zanette, Pontifiícia Universidade Católica de São Paulo, Centro de Estudos de Pragmatismo

Doutor em filosofia com área de concetração em ética e semiótica.

Referências

APEL, Otto. Charles S. Peirce: From Pragmatism to Pragmaticism. Trans. John Michael Krois. New York: Humanities Press International Inc., 1995.

IBRI, Ivo A. Semiotics and Pragmatism: Theoretical Interfaces. v. 1. eBook. Springer, 1st edition. 2020. LISZKA, James Jakób. Charles Peirce on Ethics, Esthetics, and the Normative Sciences. Routledge, N.Y.

PEIRCE, Charles S. The Collected Papers of Charles Sanders Peirce. Electronic edition reproducing Vols., I-VI ed. Charles Hartshorne and Paul Weiss (Cambridge, MA: Harvard University Press, 1931-1935), Vols. VII-VIII ed. Arthur W. Burks (same publisher, 1958). Mentioned as CP.

PEIRCE, Charles S. The Essential Peirce – Selected Philosophical Writings. Indiana University Press. Vol- umes 1 and 2. Mentioned as EP. 1 or 2. 1992 and 1998, respectively.

PEIRCE, Charles S. The New Elements of Mathematics. Vol. IV: Mathematical Philosophy. Edited by Carolyn Eisele. Mouton & Co B.V. publishers. The Hague, Paris: 1976. Mentioned NEM 4.

SANTAELLA, Lucia. Estética: de Platão a Peirce. 1 ed. São Paulo: Experimento, 1994.

Downloads

Publicado

2023-10-27

Como Citar

Zanette, J. L. (2023). A relação das ciências normativas e a predisposição para agir na filosofia de Peirce . Cognitio: Revista De Filosofia, 24(1), e63651. https://doi.org/10.23925/2316-5278.2023v24i1:e63651