PENSAMENTO COMPUTACIONAL NA EDUCAÇÃO BÁSICA: ANÁLISE COM DISCENTES DO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA

Janice Teresinha Reichert, Dante Augusto Couto Barone, Milton Kist

Resumo


O artigo evidencia e discute aspectos sobre as percepções de um grupo de licenciandos em Matemática sobre o tema Pensamento Computacional, bem como, apresenta uma análise das possíveis contribuições de um curso de formação sobre o assunto.  O estudo centrou-se na aplicação de questionários com questões abertas e fechadas, antes e após a realização das atividades entre os meses de abril a julho de 2019. As respostas foram analisadas na perspectiva qualitativa sendo que os resultados obtidos apontam para um desconhecimento inicial dos participantes sobre o assunto, principalmente nas suas relações com a área da Matemática. O oferecimento do curso permitiu um ganho significativo sobre o assunto e a elaboração de conjecturas sobre a sua inclusão na Educação Básica.


Palavras-chave


Pensamento Computacional; Licenciatura em Matemática; Formação inicial.

Texto completo:

PDF

Referências


BELL, T., WITTEN, I. H.; FELLOWS, M. Ensinando Ciência da Computação sem o uso do computador. 2011. Traduzido de Computer Science Unplugged (csunplugged.org). Disponível em: https://classic.csunplugged.org/. Acesso 14/05/19.

BRACKMANN, C. P. Desenvolvimento Do Pensamento Computacional Através de Atividades Desplugadas na Educação Básica. 2017. 226 f. Tese (Doutorado) - Informática na Educação, Cinted, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2017.

BRACKMANN, C. P., BARONE, D. A. C., BOUCINHA, R. M., & REICHERT, J. (2019). Development of Computational Thinking In Brazilian Schools With Social And Economic Vulnerability: How To Teach Computer Science Without Machines. International Journal for Innovation Education and Research, 7(4), 79-96. https://doi.org/10.31686/ijier.Vol7.Iss4.139.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. 2018. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/. Acesso em: 29 mar. 2019.

BOCCONI, S., CHIOCCARIELLO, A., DETTORI, G., FERRARI, A., ENGELHARDT, K., et al. (2016). Developing computational thinking in compulsory education-implications for policy and practice. Seville: Join Research Center (European Commission). Disponível em: http://publications.jrc.ec.europa.eu/repository/bitstream/JRC104188/jrc104188_computhinkreport.pdf.

BOUCINHA, R., BARONE, D., REICHERT, J., BRACKMANN, C. AND SCHNEIDER, A. (2019). Relationship between the Learning of Computational thinking and the Development of Reasoning. International Journal of Advanced Engineering Research and Science, 6(6), pp.623-631.

ISTE, CSTA. Computational Thinking Teacher Resource. 2 ed., 2011. Disponível em: www.iste.org/docs/ct-documents/ct-teacher-resources_2ed-pdf.pdf?sfvrsn=2. Acesso em: 29 julho 2019.

HASESKI, H. I.; ILIC, U.; TUGTEKIN, U. (2018). Defining a New 21st Century Skill-Computational Thinking: Concepts and Trends. International Education Studies, 11(4), 29. Disponível em: www.ccsenet.org/journal/index.php/ies/article/view/71730. Acesso em: 10 julho 2019.

KALELIOGLU, F., GÜLBAHAR, Y., & KUKUL, V. (2016). A framework for computational thinking based on a systematic research review. Baltic Journal of Modern Computing, 4(3), 583–596.

LIKERT, R. (1932), A Technique for the Measurement of Attitudes, Archives of Psychology, 140: 1-55.

MEC. PARECER CNE/CES 1.302/2001. 2001. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/CES13022.pdf. Acesso em: 29 mar. 2019.

PAPERT, S.; SOLOMON, C. Twenty things to to with a Computer. Educational Technology Magazine, 1972. Disponível em: http://www.stager.org/articles/twentythings.pdf. Acesso em: 29 mar. 2019.

PAPERT, S. Mindstorms: Children, Computers, and Powerful Ideas. Basic Books, 1980.

RAMOS, J. L.; ESPADEIRO, R.G. (2014). Os futuros professores e os professores do futuro. Os desafios da introdução ao pensamento computacional na escola, no currículo e na aprendizagem. Educação, Formação & Tecnologias, 7 (2), 4‐25.

WING, J. M. (2006). Computational thinking. Communications Of The Acm, [s.l.], v. 49, n. 3, p.33-35. Association for Computing Machinery (ACM). http://dx.doi.org/10.1145/1118178.1118215.

WING, J. M. (2014). Computational Thinking Benefits Society. Social Issues in Computing, Disponível em: http://socialissues.cs.toronto.edu/2014/01/computational-thinking/. Acesso em: 01 de abril de 2019.




DOI: https://doi.org/10.23925/2358-4122.2019v6i3p63-83

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Ensino da Matemática em Debate (ISSN 2358-4122)

Indexadores:

      

  


Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusiva dos autores.


Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional