MURILO RUBIÃO E OS IMPASSES DO FANTÁSTICO BRASILEIRO

Acauam Silvério de Oliveira

Resumo


O gênero fantástico surge no final do século XIX formalizando alguns impasses decorrentes do avanço da racionalidade burguesa. No caso do Brasil, esse gênero não constituiu uma tradição forte, sendo Murilo Rubião o percussor nacional e um dos poucos a operar com o fantástico de forma mais sistemática. A excepcionalidade de sua posição e os impasses que sua obra formaliza ajudam a lançar alguma luz sobre os mecanismos próprios do sistema literário nacional. Ao mesmo tempo, a tentativa de compreender a especificidade local desse fantástico ilumina alguns de seus aspectos formais.

Palavras-chave


Murilo Rubião; Literatura Fantástica; Literatura Brasileira; Conto Brasileiro

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 FronteiraZ : Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

FronteiraZ está indexada em:

Apoio: