O MAQUINÁRIO FANTASMAGÓRICO E A CONSTRUÇÃO DO CONTO EM “O BLOQUEIO”, DE MURILO RUBIÃO

Nilza de Campos Becker

Resumo


O objetivo deste trabalho é discutir o processo de construção do conto em “O Bloqueio”, de Murilo Rubião. Trata de uma situação absurda, criada pelo narrador e vivida por sua personagem, que oscila entre o medo e o fascínio por uma máquina destruidora, que ameaça sua integridade física e cuja presença é inexplicável. Averiguaremos a existência de uma segunda história, construída metaforicamente e que revela o processo de composição do conto. Um estranho maquinário exerce seu poder sobre Gerion, o protagonista, e o leitor, seqüestrado pelo poder fantasmagórico do próprio conto.

Palavras-chave


bloqueio; fantástico; causalidade mágica; conto; maquinário

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 FronteiraZ : Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

FronteiraZ está indexada em:

Apoio: