A POSIÇÃO DO NARRADOR, RODRIGO S. M., EM A HORA DA ESTRELA, DE CLARICE LISPECTOR

Daniela Spinelli

Resumo


A Hora da Estrela redimensiona as pesquisas formais desenvolvidas por Clarice Lispector, a partir do instante em que a miséria de Macabéa torna-se o tema central do romance. Todavia, esse romance está longe de apresentar uma discussão centrada apenas na representação dos conteúdos materiais. A Hora da Estrela é o espaço em que o impasse da forma ganha corpo e densidade. Nessa chave, é preciso analisar Rodrigo S. M. como solução formal de uma literatura que realizou um ajuste de contas com o seu tempo e com a sua experiência social.

Palavras-chave


Clarice Lispector; A Hora da Estrela; Rodrigo S.M.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 FronteiraZ : Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

FronteiraZ está indexada em:

Apoio: