Imagery interchange in John Patrick Shanley’s Doubt, a parable

Sandra Sirangelo Maggio, Valter Henrique Fritsch

Resumo


A peça Doubt, a Parable (2004) de John Patrick Shanley revisita o mundo que ele conheceu quando criança – o bairro do Bronx dos anos 1960. A história se desenrola em uma comunidade escolar católica ítalo-irlandesa e o enredo diz respeito a uma dúvida – que se transforma em crença – por parte de uma das personagens, Irmã Aloysius, a diretora da escola. Ela acredita que o Padre Flynn esteja molestando sexualmente o único aluno negro da escola. A peça é uma construção em aberto, que permite a cada leitor/expectador construir sua própria interpretação dos fatos. Além de ser o autor da peça, Shanley também transformou seu texto teatral em roteiro para cinema, e atuou como produtor da peça e roteirista e diretor do filme Dúvida, de 2008. Neste ensaio examinamos as estratégias utilizadas por Shanley para manter a possibilidade de interpretação aberta quando ele traduz sua obra para mídias diferentes – na página e no cinema.

Palavras-chave


John Patrick Shanley; Doubt, a Parable; Teatro NorteAmericano Contemporâneo; Estudos do Imaginário

Texto completo:

PDF (English)

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 FronteiraZ : Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

FronteiraZ está indexada em: