Oswald de Andrade e o cinema

Claudia Camardella Rio Doce

Resumo


O artigo aborda a relação da escrita de Oswald de Andrade com o cinema, explorando um roteiro cinematográfico e um argumento para filme que o autor publicou na Revista do Brasil entre o final dos anos 30 e o começo dos anos 40. Ambos os textos foram extraídos das anotações para a obra Marco Zero, que permaneceu inconclusa, já que apenas dois dos cinco volumes previstos foram publicados. O trabalho pretende mostrar, com isso, a profunda e duradoura relação de Oswald com o cinema, uma vez que todas as suas narrativas exploram, em maior ou menor medida, a “técnica cinematográfica”, alcançando diferentes efeitos. Esses dois textos para filme a que nos referimos representam, na obra do escritor, o ápice dessa aproximação entre literatura e cinema.


Palavras-chave


Oswald de Andrade; Literatura e cinema

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 FronteiraZ : Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

FronteiraZ está indexada em:

Apoio: