Ferramentas digitais na análise de "Os anos"

Caroline Resende Neves, Nicea Helena Nogueira

Resumo


O presente artigo buscou esclarecer a relação entre eventos da vida da autora Virginia Woolf com sua ficção, e para tal foram utilizadas ferramentas digitais como forma investigativa. A partir da leitura de textos críticos sobre Woolf, como as introduções a seus livros por Antônio Bivar, biografias sobre a autora e seus próprios textos autobiográficos, percebemos vários pontos de interseção entre a realidade e a ficção em sua literatura. Para a apresentação dos dados expostos, utilizamos principalmente o livro ficcional Os anos em comparação com os escritos autobiográficos em Momentos de vida, e os meios digitais Voyant e Tapeorware Comparator.  A primeira ferramenta foi utilizada para contabilizar a aparição de cada personagem no livro estudado, enquanto a segunda foi escolhida com o intuito de comparar trechos da obra ficcional com a autobiográfica. Através desta investigação foi possível perceber como a literatura de Woolf se baseia em sua vida pessoal.


Palavras-chave


Virginia Woolf; Os anos; Romance autobiográfico; Autoria feminina; Ferramentas digitais

Texto completo:

PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.23925/1983-4373.2018i20p252-268

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 FronteiraZ : Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

FronteiraZ está indexada em:

Apoio: