Prêmio FNLIJ "o melhor projeto editorial": elementos da materialidade no livro de literatura para crianças

Márcia Cabral da Silva, Josiane de Souza Soares

Resumo


No artigo, evidencia-se a materialidade do impresso como indicador de qualidade do livro de literatura destinado às crianças. Examinam-se as brochuras publicadas pela FNLIJ e os pareceres sobre as obras premiadas na categoria O Melhor Projeto Editorial nos anos de 2013, 2015, 2016, 2017 e 2018, totalizando 10 textos, sendo dois referentes a cada ano contemplado. Os principais elementos evidenciados nos pareceres por parte dos votantes são a ilustração, a capa, os paratextos editoriais. Desse conjunto, no entanto, sobressai a ilustração como um elemento definidor dos sentidos do texto literário.  O estudo ancora-se tanto em pressupostos teóricos e metodológicos extraídos da Crítica Literária quanto da História Cultural. Nota-se, em particular, a ênfase na integração verbo-visual como modo de ampliação dos sentidos da narrativa literária. 

 

Palavras-chave


Prêmio FNLIJ; Materialidade; Projeto editorial; Literatura para crianças

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/1983-4373.2020i24p138-152

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 FronteiraZ. Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

FronteiraZ está indexada em:

Apoio: