DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM: CONTRIBUIÇÕES DA PSICOLOGIA COGNITIVA E DA FENOMENOGRAFIA

Kely Prata Silva, Adriano Pereira Jardim, Mariane Lima de Souza

Resumo


As Dificuldades de Aprendizagem configuram-se como uma problemática educacional e psicossocial complexa que envolve uma trama de relações entre o aprendente, suas condições de desenvolvimento e aprendizagem e seus modos singulares de lidar com o conhecimento e aplicá-lo ao seu cotidiano. Este artigo propõe uma reflexão crítica sobre este fenômeno com foco no papel ativo do aprendente na construção do conhecimento e das próprias concepções de aprendizagem, a partir das perspectivas cognitiva e fenomenográfica. Tais enfoques destacam relações significativas entre as concepções sobre o ato de aprender, a autoeficácia e o uso de estratégias de aprendizagem e indicam sua repercussão no delineamento da abordagem à aprendizagem. Como conclusão, destaca-se o avanço no entendimento das dificuldades de aprendizagem como um fenômeno complexo que envolve a interação entre processos metacognitivos e de autopercepção. Além disso, sugere-se que a compreensão dessas relações é um fator norteador na definição de medidas de avaliação, prevenção e intervenção psicopedagógicas que favoreçam o desenvolvimento escolar de crianças com esse tipo de queixa escolar.

Palavras-chave


dificuldades de aprendizagem; psicologia cognitiva; fenomenografia

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5935/2175-3520.20190010

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.