Graduação e Pós-Graduação em Psicologia na PUC-SP: mútua contribuição para o compromisso social na pesquisa e qualificação docente

Marlise A. Bassani

Resumo


O artigo objetiva apresentar as mútuas relações e contribuições entre os Programas de Pós-Graduação stricto sensu e a Graduação em Psicologia da PUC-SP, para a construção do conhecimento da Psicologia como ciência, profissão e interdisciplinaridade. A fim de subsidiar a proposta, apresenta-se uma breve retomada histórica da implantação da Pós-Graduação na PUC-SP, a memória dos Programas de Psicologia: Social (1972), Clínica (1976) e Experimental - Análise do Comportamento (1999), e do Programa de Educação: Psicologia da Educação (1969) - um dos três primeiros da PUC-SP. Acrescentam-se dois exemplos de trabalhos pioneiros iniciados na, então, Faculdade de Psicologia e incorporados à Pós-Graduação da PUC-SP que se mantêm como referências nacional e internacional: o Laboratório de Estudos e Intervenções sobre o Luto - LELu, iniciativa da professora Maria Helena Pereira Franco, e a inserção da Psicologia Ambiental articulada à Saúde, pela professora Marlise Aparecida Bassani. Enfatiza-se o movimento de contribuições de docentes da Graduação em Psicologia titulados pelos Programas de Pós-Graduação da Universidade e a integração Pós-Graduação – Graduação na formação de profissionais de Psicologia, pesquisadores e docentes comprometidos com as questões e transformações sociais, na promoção de diálogos mais articulados com outras áreas do Saber, para avanços da ciência psicológica.


Palavras-chave


Graduação em Psicologia; Pós-graduação em Psicologia; Pesquisa e Ensino; PUC-SP

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2594-3871.2019v28i3p681-696

Direitos autorais 2020 Psicologia Revista

ISSN Impresso: 1413-4063
ISSN Eletrônico: 2594-3871


Psicologia Revista  está indexada em: