Estudo de Caso: Uma Avaliação do Uso do Método nas Dissertações da FGV no Triênio 2012-2014

Aline de Souza Freire, Bruno Silva Souza, Elena Bandeira da Silva, Irene Raguenet Troccoli

Resumo


Frequentemente tido como de fácil execução pelo fato de lidar com uma ou com poucas unidades, o estudo de caso é um dos meios de pesquisa utilizados por cientistas sociais da área de Administração de Empresas. Essa convicção é equivocada; na verdade, o estudo de caso é um método complexo, o que talvez explique por que não raro se observe que pesquisadores que dizem elaborar esse tipo de pesquisa na verdade não o fazem. À luz desse fato, o objetivo deste artigo de abordagem quantitativa-qualitativa foi, com base em um modelo de investigação, verificar se foram contemplados, de forma explícita, os aspectos relacionados ao planejamento, à coleta e à análise dos dados em uma amostra de dissertações do Mestrado Executivo em Gestão Empresarial da Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas (Ebape) da Fundação Getúlio Vargas (FGV), defendidas no triênio 2012-14 e que se autoqualificaram como estudos de caso. A conclusão é de que alguns desses aspectos foram plenamente obedecidos, outros foram apenas tangenciados, e outros foram simplesmente esquecidos. Reflexões a respeito são colocadas e futuros estudos são sugeridos.


Palavras-chave


Estudo de Caso; Método Científico; Administração.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.23925/2178-0080.2017v19i3.33296

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Flag Counter

Revista Administração em Diálogo - RAD
ISSN: 2178-0080

     

 

Apoio: