GÊNERO E MERCADO MATRINOMIAL EM SENHORA DE JOSÉ DE ALENCAR

Autores

  • Valdeci Rezende Borges

Palavras-chave:

José de Alencar, Senhora, gênero, masculinidade, feminilidade.

Resumo

A intenção neste artigo é perceber quais representações foram edificadas por José de Alencar nas páginas de Senhora acerca das relações entre homens e mulheres diversos que, oferecidas ao público leitor, se tornavam modelos de masculinidade e de feminilidade, positivos e negativos, ao tratar do problema da troca mercantil de pessoas nas relações matrimoniais, no casamento constituído como empresa e como negócio. Procura-se observar as imagens e figuras do masculino e do feminino aí presentes, os comportamentos e sentimentos, destacando as práticas, os valores, as posturas e atitudes tidos como comuns mas, sobretudo aqueles que, em oposição à dita normalidade, fazem com que o “outro” rompa com o estabelecido e o avesso sobressaía.

Downloads