PATRIMÔNIO FERROVIÁRIO DO ESTADO DE SÃO PAULO: As condições de preservação e uso dos bens culturais

Autores

  • Eduardo Romero de Oliveira

Palavras-chave:

Ferrovias, Patrimônio Industrial, São Paulo

Resumo

O objetivo deste artigo é apresentar os resultados de um levantamento sobre os processos de tombamentos efetuados pelo CONDEPHAAT e relativos ao patrimônio ferroviário (identificação, estado de conservação e políticas públicas de uso). Se, por um lado, desde a década de 1960 tem sido formulado o conceito de patrimônio industrial, o que demandaria considerar a pertinência desse conceito para o patrimônio ferroviário; por outro, é também preciso entender as concepções que têm orientado os processos de tombamento no órgão nas últimas décadas. Enfim, trata-se de avaliar em que medida as novas concepções de patrimônio tem orientado as ações de preservação do órgão paulista.

Biografia do Autor

Eduardo Romero de Oliveira

Professor Assistente Doutor, Universidade Estadual Paulista – UNESP, câmpus Experimental de Rosana, Av. Dos Barrageiros, s/n, distrito de Primavera - Rosana, SP, CEP 19274-000.

Downloads