Salazar: uma longa ditadura derrotada pelo colonialismo

Waldir José Rampinelli

Resumo


A ditadura de António de Oliveira Salazar, que durou trinta e seis anos, foi uma das maislongas da Europa e se baseava no lema saber durar. Para tanto, Salazar controlava com mãode ferro os seus ministros e mantinha Portugal à margem da industrialização, evitando osurgimento da classe operária e consequentemente a luta de classes. Defendia a estratégiade um Portugal horta e pomar da Europa. A manutenção do colonialismo, principalmenteo africano, lhe deu forças para levar adiante seu regime fascista, já que tais mercadosultramarinos ajudavam a aliviar a pressão interna lusitana. Foi o próprio colonialismo que oderrotou ao politizar as Forças Armadas.

Palavras-chave


Salazar; ditadura; fascismo; colonialismo.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Lutas Sociais
Revista do Núcleo de Estudos de Ideologias e Lutas Sociais (NEILS)
Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais – PUC/SP
Ministro Godói, 969 - 4º andar – Perdizes
CEP: 05015-001 - São Paulo - SP - Brasil
Fone/Fax: (+55 11) 3670-8517

Lutas Sociais está indexada em: