Crítica e contra crítica do humanismo

João Quartim de Moraes

Resumo


A crítica do humanismo metafísico é peça central do legado filosófico althusseriano. Ela mostra a inconsistência teórica das versões teleológicas do marxismo e desbloqueia o caminho para a compreensão materialista, crítica e objetiva, da história social. A própria tese da autoprodução do homem pelo trabalho, metafisicamente interpretada, reduz-se a uma tautologia: o trabalho produz o homem porque ele trabalha de um modo humano. A explicação materialista de Engels pôs em evidência o papel determinante do trabalho na conexão evolutiva da mão com o cérebro, enraizando a história humana na evolução dos primatas. Ao alegar, contra Althusser, que o vocabulário humanista está presente em toda a obra de Marx, Losurdo deixa de lado o problema da objetividade teórica do materialismo histórico.

Palavras-chave


Teleologia; marxismo; materialismo; humanidade; darwinismo; objetividade teórica.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Lutas Sociais
Revista do Núcleo de Estudos de Ideologias e Lutas Sociais (NEILS)
Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais – PUC/SP
Ministro Godói, 969 - 4º andar – Perdizes
CEP: 05015-001 - São Paulo - SP - Brasil
Fone/Fax: (+55 11) 3670-8517

Lutas Sociais está indexada em: