Arte e estética política zapatista: o I Festival CompArte pela Humanidade

Alexander Maximilian Hilsenbeck Filho

Resumo


Abordaremos, de modo preliminar, a relação entre arte e política no zapatismo, indagando qual o papel da arte no projeto de transformação política deste movimento social, tendo por base, sobretudo, o I Festival CompArte pela Humanidade, evento no qual pela primeira vez as comunidades zapatistas compartilharam seus fazeres artísticos com militantes e trabalhadores da arte de diversas partes do mundo. Nossa hipótese é que estaria em desenvolvimento uma estética política zapatista capaz de construir pontes de luta para diversas formas de reconhecimento.

Palavras-chave


Zapatismo; arte; autonomia; EZLN.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Lutas Sociais
Revista do Núcleo de Estudos de Ideologias e Lutas Sociais (NEILS)
Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais – PUC/SP
Ministro Godói, 969 - 4º andar – Perdizes
CEP: 05015-001 - São Paulo - SP - Brasil
Fone/Fax: (+55 11) 3670-8517

Lutas Sociais está indexada em: