Visitando os “Seminários de Zollikon”: novos fundamentos para a psicoterapia fenomenológica

Marcelo Sodelli, Alessandra Sodelli-Teodoro

Resumo


O objetivo deste artigo é desenvolver fundamentos para a prática psicoterapêutica fenomenológica a partir da análise da obra Seminários de Zollikon, de Martin Heidegger. Para tanto, seguiremos o seguinte percurso:  em primeiro lugar, apresentaremos brevemente alguns dos principais conceitos heideggerianos desenvolvidos em sua obra Ser e Tempo. Em seguida, apresentaremos a discussão já realizada por outros autores da obra Seminários de Zollikon, destacando especificamente importantes desdobramentos para a prática clínica. Por fim, apresentaremos três ideias fenomenológicas fundamentais para o desenvolvimento da clínica em psicoterapia: o pensamento meditativo, a escuta autêntica e o dizer via poiesis.   

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais

ISSN Impresso: 1413-4063
ISSN Eletrônico: 2594-3871


Psicologia Revista  está indexada em: