Avaliação dos contextos de atuação, atribuições e mercado profissional: opinião da população sobre a Psicologia e o Psicólogo

Isabel Cristina Vasconcelos Oliveira, Angela Christina Souza Menezes

Resumo


Identificar como as pessoas percebem uma prática profissional possibilita o reconhecimento de seus aspectos positivos e debilidades, seja no processo de formação acadêmica, ou no próprio exercício da profissão. É nesse contexto que este estudo visa verificar a opinião da população sobre o profissional de Psicologia, principalmente quanto ao contexto de atuação, atribuições e mercado profissional. Para tanto, realizou-se um estudo descritivo, que analisou 102 respostas hospedadas em um sítio eletrônico na internet. Os resultados sugerem o reconhecimento de quatro contextos de atuação (clínica, organizacional, escolar e hospitalar), no entanto, com atribuições esperadas da prática clínica, por meio das categorias: facilita o autoconhecimento, cura, aumento da qualidade de vida, escuta e aconselhamento psicológico. Opiniões opostas quanto ao mercado de trabalho foram observadas: alguns percebem a Psicologia como um campo flexível e em crescimento, enquanto outros destacam a saturação do mercado e desvalorização do profissional.


Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais

ISSN Impresso: 1413-4063
ISSN Eletrônico: 2594-3871


Psicologia Revista  está indexada em: