Grupo de acolhimento: relato da experiência

Carmen Alvarez da Costa Carvalho, Rita Menezes Medina, Sandra Bossetto, Terezinha Almeida Cruz

Resumo


Este artigo é resultado de uma produção coletiva de quatro psicólogas da equipe da Clínica de Psiquiatria e Psicologia da Infância e Adolescência (PPIA) do Hospital do Servidor Público Municipal (HSPM). O texto aborda a criação de um dispositivo de atendimento como resposta a uma crise institucional – perda de profissionais e aumento da demanda de casos graves e urgentes. A idéia é de compartilhar esta experiência, ressaltando a reflexão sobre os efeitos clínicos desse recurso, ao qual se deu o nome de grupo de acolhimento. Buscando situar este momento de criação, partiu-se nesse trabalho do relato do contexto histórico e institucional e da análise dos fundamentos éticos que a orientaram. Na seqüência, apresentam-se dois recortes de atendimento: um grupo com crianças e um grupo com adolescentes. A ênfase no poder falar/ser escutado, não ver adiado um pedido de interlocução no momento crítico, constituiu-se em um dos princípios fundamentais do grupo de acolhimento. A partir do reconhecimento da instalação do momento de crise institucional, impeditivo de fluidez nos atendimentos, a equipe, ao lançar mão deste novo recurso, promove mudanças significativas junto aos pacientes, no trato com a "fila de espera", no seu olhar para o trabalho, e para si própria.


Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais

ISSN Impresso: 1413-4063
ISSN Eletrônico: 2594-3871


Psicologia Revista  está indexada em: