Reflexões sobre a origem dos Sete Tipos Psicológicos da Psicossíntese

Marina Pereira Rojas Boccalandro

Resumo


Neste artigo, a autora procura refletir sobre a origem dos tipos psicológicos propostos por Roberto Assagioli e ligá-los à doutrina dos Sete Raios da Teosofia, a qual acredita ter sido a fonte inspiradora para o criador da Psicossíntese. Na introdução, coloca a tendência que um ramo da Psicologia – a Humanista-Transpessoal – tem apresentado, desde o século passado, de aproximar-se das religiões e crenças espirituais do Oriente e também de saberes esotéricos do Ocidente. É feito um breve apanhado do que é Teosofia, seus criadores, e a doutrina dos Sete Raios, estudada em profundidade por Alice Bailey, a sucessora de Madame Blavatsky, uma das fundadoras da Sociedade Teosófica Ocidental. Apresenta, resumidamente, os Raios para posteriormente pareá-los com os Sete Tipos Psicológicos de Assagioli. A seguir, introduz o conceito dos Sete Temperamentos Humanos da Psicossíntese, fazendo um pequeno resumo de cada um deles. Nas considerações finais, apresenta um paralelo entre os dois saberes – o esotérico-teosófico e o psicológico-psicossintético. Conclui que Roberto Assagioli fez uma leitura psicológica dos Sete Raios, assim como dos conceitos do hinduismo e budismo, como Self Pessoal, Self Transpessoal e Inconsciente Coletivo, que foram introduzidos na Psicologia Analítica de Jung, na Psicologia Transpessoal e na Psicossíntese, o enfoque teórico que concebeu.


Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais

ISSN Impresso: 1413-4063
ISSN Eletrônico: 2594-3871


Psicologia Revista  está indexada em: