A construção de saberes e práticas em Psicologia no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) de Guapimirim, Rio de Janeiro

Rafael Reis da Luz

Resumo


O presente artigo tem como objetivo apresentar e discutir saberes e práticas em Psicologia na política de assistência social, em especial no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), equipamento da atenção especial de média complexidade. Tal proposta surge diante do estranhamento de certa Psicologia que, atrelada a um projeto de modernidade, constitui-se como um saber endurecido em sua forma identitária, não se sustentando no campo da assistência social. Para tanto, apoiamo-nos em legislações e resoluções da política de assistência social, em alguns aportes teóricos e realizamos uma breve exposição da experiência profissional no CREAS de Guapimirim, município do Estado do Rio de Janeiro. Apontamos, por fim, a necessidade de se pensar em uma clínica psicológica para além do sujeito. As diferentes atividades realizadas no CREAS podem ser pensadas como dispositivos geradores de efeitos clínicos, contribuindo, assim, para práticas em psicologia. Tais atividades podem ser também práticas psicológicas. Não obstante, reconhecer a amplitude de seu lugar é, talvez, o maior desafio da Psicologia na política de assistência social.

Palavras-chave


CREAS; assistência social; Psicologia

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2594-3871.2018v27i2p337-355

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2018 Psicologia Revista

ISSN Impresso: 1413-4063
ISSN Eletrônico: 2594-3871


Psicologia Revista  está indexada em: