Construção da carreira do universitário-atleta: percepções e expectativas na transição universidade-trabalho

Manoella Fiochi-Marques, Marina Cardoso de Oliveira, Lucy Leal Melo-Silva

Resumo


As pesquisas que se dedicam a compreender a construção da carreira de estudantes universitários que têm participação esportiva destacam as dificuldades que eles enfrentam por terem de lidar com mais uma prioridade ao mesmo tempo: atividades acadêmicas e esportivas, além de outros desafios inerentes à vida universitária. Assim, este estudo objetiva descrever as percepções e expectativas de universitários-atletas sobre a construção de suas carreiras no processo de transição universidade-trabalho, por meio da análise das trajetórias e projetos de vida/carreira. Para tanto, realizou-se um grupo focal com quatro universitários-atletas concluintes do ensino superior. Os dados foram tratados por meio da análise do discurso e organizados em repertórios interpretativos. Os resultados apontam trajetórias marcadas pelo envolvimento esportivo desde criança, como critério de escolha do curso superior, e pela dinâmica da saliência dos papéis que demarca diferenças na identidade. Além disso, observou-se que as aprendizagens decorrem em habilidades transferíveis, ainda que haja falta de apoio institucional. Os projetos refletem as dificuldades em planejar o futuro e o interesse em continuar estudando após a graduação. Implicações teóricas, práticas e para futuras pesquisas são discutidas.


Palavras-chave


Psicologia do Esporte; Carreira; Transição Universidade-trabalho; Esporte Universitário

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2594-3871.2018v27i3p679-706

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2019 Psicologia Revista

ISSN Impresso: 1413-4063
ISSN Eletrônico: 2594-3871


Psicologia Revista  está indexada em: