A arquitetônica de Luna Clara e Apolo Onze: uma reflexão metalinguística

Adail Sobral, Marice Fiuza Geletkanicz

Resumo


Este artigo propõe uma reflexão metalinguística acerca do percurso metodológico de que resultou a pesquisa de mestrado intitulada Luna Clara e Apolo Onze: uma organização criativa de vozes, que descreve a arquitetônica autoral da obra. Mais especificamente, pretende-se mostrar como, a partir dos princípios da análise dialógica do discurso, e de um exame preliminar do corpus - o livro de Adriana Falcão, Luna Clara e Apolo Onze, a pesquisadora desenvolveu uma maneira específica de descrever a arquitetônica deste que é um texto verbal que integra recursos visuais. Pretende ainda refletir acerca de como, no âmbito da concepção dialógica, se pode construir um objeto de estudo, e uma maneira de estudá-lo, partindo da observação de um fenômeno como um livro e de seu exame mediante conceitos compatíveis com esse objeto, em vez de aplicar categorias prontas.


Palavras-chave


Arquitetônica; Metodologia; Dialogismo; Plurivocidade

Texto completo:

PDF PDF (English)

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.