Modalização autonímica na divulgação científica: um olhar sobre o fazer de jornalistas do site da Folha de S. Paulo e de agências de notícia internacionais

Juliana Santos Botelho, Suelen Martins, Jerônimo Coura-Sobrinho

Resumo


O texto da divulgação científica lança mão de recursos discursivos variados para facilitar a compreensão de certas noções científicas pelo público não iniciado. O objetivo do presente estudo é evidenciar se, de fato, o recurso da modalização autonímica é um vetor da heterogeneidade discursiva nos textos divulgação científica e avaliar em que proporção ela aparece nos textos escritos por jornalistas da Folha de S. Paulo e de agências de notícia internacionais. Para tanto, empreendeu-se a análise discursiva de textos publicados nas sessões Equilíbrio & Saúde e Ciência, do site da Folha de S. Paulo. Surpreendentemente, verificou-se que a modalização autonímica é usada em igual proporção nos textos de jornalistas do Folha de S. Paulo e de agências de notícias, sugerindo um nivelamento da informação científica capaz de apagar as diferenças locais e globais nos modos de produção da notícia.

 


Palavras-chave


Divulgação científica; Modalização autonímica; Jornalistas; Agências de notícia

Texto completo:

PDF PDF (English)

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.