Drummond e Stella: experiências poéticas

Nathaly Felipe Ferreira Alves

Resumo


O objetivo deste estudo é examinar, no poema Da bomba que compõe Reamanhecer, segunda parte do livro Amanhecência (1974), de Stella Leonardos, as relações entre leitura/escritura no exercício metapoético de apropriação do poema A bomba, de Carlos Drummond de Andrade. Tal reescritura metapoética opera por meio do pensamento analógico, em que se esboça a figura do poeta crítico em sua relação com a tradição. Neste movimento duplo, fundamentado no deslocamento do sujeito lírico para fora de si, advém a nossa hipótese de pesquisa: a de um singular livro-antologia no qual a poeta se apropria dos poemas com os quais dialoga por meio de dois procedimentos: o de expansão, gerador do canto paralelo, e o de redução, em que a glosa das epígrafes é recurso chave.


Palavras-chave


Carlos Drummond de Andrade; Stella Leonardos; Intertextualidade; Metapoesia

Texto completo:

PDF PDF (English)

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.