Matemáticos, educadores matemáticos e tecnologias: uma articulação possível
A relationship between history of technologies, mathematicians and mathematics educators

Marco Aurélio Kalinke, Luciane Mocrosky, Violeta Maria Estephan

Resumo


A relação entre matemáticos e tecnologias é íntima e antiga. Diversos matemáticos desenvolveram ou participaram de forma ativa do desenvolvimento de novas tecnologias e o seu envolvimento auxiliou a atingir o estágio tecnológico atual. Esta História não pode ser esquecida e parte dela é aqui relembrada. Nas últimas décadas esta relação envolveu também os educadores matemáticos, que procuram desenvolver novos recursos e analisar de que forma as tecnologias de informação e comunicação interferem nos processos educacionais. O envolvimento destes educadores matemáticos, por ser recente, precisa ser explorado e documentado. É essencial sistematizar e levantar estes estudos, de forma a permitir que novas pesquisas sejam desenvolvidas, avançando sobre o que já se produziu e permitindo que a área avance e contribua para a melhoria do ensino da matemática.

 

Abstract

 

The relationship between mathematicians and technologies is intimate and ancient. Several mathematicians developed or participated actively in the development of new technologies, and their involvement helped to achieve the current technological stage. This history can’t be forgotten, and part of it is here remembered. In the past few decades this relationship also involved the mathematics educators, who have been trying to develop new means and analyze how the information and communication technologies interfere with the educational process. The involvement of these mathematics educators, for being recent, needs to be explored and documented. It is essential to systematize and raise these studies, so as to allow new researches to be developed, progressing on what has already been produced and allowing the area to advance and contribute to the improvement of mathematics teaching


Palavras-chave


Educação Matemática. Tecnologia. História da Matemática.

Texto completo:

PDF

Referências


BICUDO, M. A. (2005). Pesquisa qualitativa: significados e a razão que a sustenta. Revista Pesquisa Qualitativa, São Paulo, ano 1, n.1, p.7-26.

BICUDO, M. A. (ORG). (2011). Pesquisa qualitativa segundo a visão fenomenológica. Ed. Cortez.

BOYER, C. B. (1999). História da Matemática. Tradução de: Elza F. Gomide. São Paulo: Edgard Blücher.

BRETON, P. (1991). História da Informática. São Paulo: Editora Unesp.

COPELAND, J. B. (2006). The Modern History of Computing, In The Stanford Encyclopedia of Philosophy, Disponível em Acesso em 10 dez. 2012.

D’EÇA, T. A. (1998). Net Aprendizagem: A Internet na Educação. Porto – Portugal: Porto Editora.

FUCHS, W. (1970). A Matemática Moderna. Tradução de Marianne Arnsdorff e José Manasterski. São Paulo: Editora Polígono.

GATES, B. (1995). A Estrada do Futuro. Tradução de Beth Vieira. São Paulo: Editora Companhia das Letras.

LÉVY, P. (1993). As Tecnologias da Inteligência: o futuro do pensamento na era da informática. Tradução de: Carlos Irineu da Costa. São Paulo: Editora 34.

MANO, R. (1998). A evolução do computador. Disponível em: Acesso em 10 out. 2005.

MARQUEZE, J. P. (2005). Falando de Computadores. Disponível em: Acesso em 23 out. 2005.

NOÉ, M. Ábaco. Disponível em Acesso em 10 out. 2012.

OKA, C.; ROPERTO, A. (2000). Origens do Processamento de Dados. Disponível em: Acesso em 12 dez. 2012.

SANTOS, D. C. (1997). Evolução dos Computadores. Disponível em: Acesso em 10 out. 2005.

VARGAS, M. (1994). Para uma Filosofia da Tecnologia. São Paulo: Editora Alfa Ômega.


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


INDEXADORES DA REVISTA