O desafio das tecnologias de informação e comunicação na formação inicial dos professores de matemática
The challenge of information and communication technologies in initial training of mathematics teachers

Carma Maria Martini, José Lucas Pedreira Bueno

Resumo


O trabalho apresenta um estudo sobre a frequência e a finalidade do uso das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) nos cursos de licenciatura em matemática. Realizamos uma pesquisa de campo e os dados foram coletados por meio da aplicação de questionário a alunos dos cursos de licenciatura em matemática da modalidade presencia e a distância em duas instituições da região de Ariquemes (RO). Destacamos conclusões como: as TIC não são utilizadas regularmente para trabalhar os conteúdos específicos nas duas modalidades; na modalidade a distância a utilização visa propiciar a interação e a comunicação e não a melhoria da qualidade do ensino-aprendizagem; na modalidade presencial são mais utilizadas para atividades extraclasse.

 

The paper presents a study about the frequency and purpose of use Information and Communication Technologies (ICT) in undergraduate courses in Mathematics. We conducted a field research and data were collected through questions applied to students of undergraduate Mathematics courses in presence and distance modes. We take for field research two institutions in the region of Ariquemes (RO). We highlight conclusions as: ICT is not used regularly to work out specific content in both modes of graduation; in the distance mode the use intended to provide interaction and communication and does not to improve the quality of teaching; in the presence mode are more used for homework.


Palavras-chave


Formação de professores; licenciatura em matemática; tecnologias de informação e comunicação.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Maria Elizabeth Bianconcini de. ProInfo: Informática e formação de professores. Brasília: Ministério da Educação, Seed, 2000.

BASSANEZI, Rodney Carlos. Ensino-aprendizagem com modelagem matemática. São Paulo: Contexto, 2002.

BORBA, Marcelo de Carvalho; PENTEADO, Miriam Godoy. Informática e educação matemática. 3.ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2005.

BRASIL. Lei nº 9394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 23 dez.1996.

_____. Conselho Nacional de Educação - CNE; Câmara de Educação Superior - CES. Parecer nº 1302/2001. Brasília/DF: CNE/CES, 2001.

_____. Portaria nº 4059, de 10 de dezembro de 2004. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 13 dez.2004.

_____. Conselho Nacional de Educação - CNE; Câmara de Educação Superior - CES. Resolução nº 3, 18 de fevereiro de 2003. Brasília: Diário Oficial da União nº 40, 25 de fevereiro de 2003. Seção 1, p.13.

BUENO, José Lucas Pedreira; GOMES, Marco Antônio Oliveira. Uma análise histórico-crítica da formação de professores com tecnologias de informação e comunicação. Revista Cocar (UEPA), v. 5, n. 10, p. 53-64, jul-dez 2011.

D’AMBROSIO, Ubiratan. Educação matemática da teoria à prática. 16.ed. Campinas/SP: Papirus, 2008.

_____. Conteúdo nos cursos de formação de professores de matemática. Disponível em . Acesso em 03 jan.2012.

GARCIA, Vera Clotilde Vanzetto. Formação de professores de matemática e mudanças curriculares na escola. In: BÚRIGO, Elisabete Zardo et al (Orgs.). A matemática na escola: novos conteúdos, novas abordagens. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2012.

GUSSI, João Carlos. O ensino da matemática no Brasil: análise dos programas de ensino do Colégio Pedro II (1837 a 1931). 2011. 141f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Metodista de Piracicaba, Piracicaba (SP), 2011.

MELLO, Guiomar Namo. Educação escolar brasileira: o que trouxemos do Século XX? Porto Alegre/RS: Artes Médicas Sul, 2004.

MINAYO, Maria Cecília de Souza. O desafio da pesquisa social. In: DESLANDES, S. F.; NETO, O. C.; GOMES, R.; MINAYO, M. C. S. (Org.). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. 21.ed. Petrópolis/RJ: Vozes, 2002, p. 9-30.

MORI, Kátia Regina Gonçalves; MENEZES, Lígia Cristina Rubim. O desenvolvimento do trabalho colaborativo na formação de gestores escolares e coordenadores estaduais de educação para o uso das TICs. In: Anais do IX Workshop de informática na escola - WIE, 2003.

NOGUEIRA, Clélia Maria Ignatius. Classificação, seriação e contagem no ensino do número: um estudo de epistemologia genética. Marília (SP): Oficina Universitária Unesp, 2007.

NOGUEIRA, Clélia Maria Ignatius; ANDRADE, Doherty. Você quer discutir com o computador? Educação matemática em revista, São Paulo. Ano 11, n.16, p.25-29, mai.2004.

PAIS, Luiz Carlos. Educação escolar e as tecnologias da informática. Belo Horizonte/MG: Autêntica, 2002.

_____. Transposição didática. In: MACHADO, Sílvia Dias Alcântara (Org.). Educação Matemática: Uma (nova) introdução. 3.ed. revista. São Paulo: EDUC, 2008.

PERRENOUD, Philippe. Dez novas competências para ensinar. Porto alegre/RS: Artes Médicas Sul, 2000.

RIGODANZO, Mauro; ANGELO, Claudia Laus. Uma experiência de transposição didática com o Cabri-Géomètre II. Educação matemática em revista, São Paulo. Ano 11, n.16, p.16-24, mai.2004.

SETTE, Sonia Schechtman; AGUIAR, Márcia Angela; SETTE, José Sérgio Antunes. Formação de professores em informática na educação: um caminho para mudanças. Coleção informática para a mudança na educação. Brasília/DF: MEC/SED/PROINFO, s.d.

WIELEWSKI, Gladys Denise. O movimento da matemática moderna e a formação de grupos de professores de matemática no Brasil. In: ProfMat2008 Actas. Lisboa, Portugal: Associação de Professores de Matemática, 2008. p. 1-10.


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


INDEXADORES DA REVISTA