O ensino de probabilidade em uma coleção de livros didáticos dos anos iniciais do ensino fundamentalThe teaching of probability in a collection of textbooks from the early years of elementary school

Janielly Taila dos Santos Verbisck, Marilena Bittar

Resumo


Nesse artigo apresentamos a produção e análise da proposta de ensino de probabilidade em uma coleção de livros didáticos dos anos iniciais do ensino fundamental, aprovada no Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) de 2016. Este trabalho está diretamente vinculado ao Grupo de Estudos em Didática da Matemática (DDMat) e é parte de uma pesquisa de mestrado em andamento no Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Como aporte teórico e metodológico, utilizamos a teoria antropológica do didático, desenvolvida por Yves Chevallard e colaboradores, que nos permite modelar e analisar as escolhas referentes à matemática e à didática presentes no ensino da probabilidade na coleção adotada. Com a produção e análise de dados, notamos que algumas noções relativas à probabilidade foram propostas desde o volume referente ao segundo ano do ensino fundamental, em atividades de possibilidades. A formalização do conceito de probabilidade é apresentada no último volume da coleção, com atividades associadas à ideia de fração, razão, porcentagem, e também questionamento de probabilidade que envolve crenças e opiniões.


Palavras-chave


Probabilidade. Livro didático. Teoria Antropológica do Didático.

Texto completo:

PDF

Referências


BITTAR, Marilena. A Teoria Antropológica do Didático como ferramenta metodológica para análise de livros didáticos. Zetetiké, Campinas, SP, v.25, n. 3, set./dez.2017, p.364-387.

BRASIL. Ministério da Educação, Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais. Brasília: MEC/SEF, 1997.

______. Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica. Guia de Livros Didáticos, PNLD/2016. Brasília: MEC/SEF, 2015.

CHEVALLARD, Yves. El análisis de las prácticas docentes en la teoría antropológica de lo didáctico. Traduzido por Ricardo Barroso Campos. Recherches en Didactique des Mathématiques, RDM, v. 19, n. 2, p. 221-66, 1999.

CORRÊA DA COSTA, Jéssica Serra. O cálculo mental em livros didáticos dos anos iniciais. In: Encontro Brasileiro de Estudantes de Pós-Graduação em Educação Matemática (EBRAPEM), 20, 2016, Curitiba. Anais... Curitiba: Universidade Federal do Paraná (UFPR), 2016.

DANTE, Luiz Roberto. Projeto Ápis: Alfabetização matemática. Obra em três volumes para alunos do primeiro ao terceiro ano. 2. ed. São Paulo: Ática, 2014.

______. Projeto Ápis: Matemática. Obra em dois volumes para alunos do quarto e quinto ano. 2. ed. São Paulo: Ática, 2014.

FRISON, Marli Dallagnol; et al. Livro didático como instrumento de apoio para construção de propostas de ensino de ciências naturais. In: Encontro Nacional De Pesquisas Em Educação E Ciências (Enpec), 7, 2009, Florianópolis. Anais... Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), 2009.

SANTANA, Michaelle Renata Moraes de. O acaso, o provável, o determinístico: concepções e conhecimentos probabilísticos de professores do ensino fundamental. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática). Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.

SANTANA, Michaelle Renata Moraes de; BORBA, Rute Elizabete Souza de Rosa. Como a probabilidade tem sido abordada nos Livros Didáticos de Matemática de Anos Iniciais de Escolarização. In: Encontro Nacional de Educação Matemática (ENEM), 10., 2010. Anais... Bahia: Sociedade Brasileira de Educação Matemática, 2010. p. 1 – 10.




DOI: https://doi.org/10.23925/1983-3156.2019v21i5p469-484

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


INDEXADORES DA REVISTA