Formação de professores/educadores para o ensino e a aprendizagem das capacidades espaciais na educação infantil
Teachers’ training in space capacities for teaching and learning in early childhood education

Regina Maria Pavanello, Leila Pessôa Da Costa

Resumo


Apresenta a metodologia empreendida em projeto de pesquisa desenvolvido pelo GEPEME/UEM - Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação Matemática Escolar da Universidade Estadual de Maringá, cujo objetivo foi o de investigar se a participação em um projeto de produção de material para o ensino e aprendizagens da geometria, em especial o relativo às capacidades espaciais, direcionado aos seus alunos a Educação Infantil proporcionaria o espaço adequado para um processo de formação na docência das professoras/educadoras nele envolvidas a partir do que elas sabem e de como desenvolvem esse ensino. Considera sua importância a partir do estabelecido na LDB 9394/96 de que esta é a primeira etapa da Educação Básica atendendo crianças - de zero a três anos na creche e de quatro e cinco anos na pré-escola - e ainda, o fato de atualmente haver poucas indicações, para essa faixa etária, tanto metodológica como de material didático, para o desenvolvimento das capacidades espaciais, com foco nos campos de experiências estabelecidos na BNCC de forma interdisciplinar.


Palavras-chave


Educação Infantil. Formação de Professores. Capacidades Espaciais. Engenharia Didática.

Texto completo:

PDF

Referências


AGUIAR, Camile de Araujo. Matemática e educação infantil levantamento de teses e dissertações defendidas entre 2012 a 2017. Anais. 25º SEMIEDU: Educação, Diversidades Culturais, Sujeitos e Saberes, 2017. Cuiabá-Mato Grosso: UFMT, 2017. Disponível in: . Acesso em 04 maio 2018.

ALMOULOUD, Saddo Ag. Fundamentos da didática da matemática. Curitiba: Ed. UFPR, 2007.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC, SEB, 2017. Disponível in: . Acesso em 04 maio 2018.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Diretrizes curriculares nacionais para a educação infantil. Brasília: MEC, SEB, 2010. Disponível in: . Acesso em 04 maio 2018.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei número 9394, 20 de dezembro de 1996. Disponível in: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/l9394.htm. Acesso em 11 jun. 2018.

BREDA, Ana; SERRAZINA, Lurdes; MENEZES, Luís; SOUSA, Hélia; OLIVEIRA, Paulo. Geometria e Medida no Ensino Básico. In Brochura de apoio ao Programa de Matemática do Ensino Básico para o ensino da Geometria e Medida. Ministério da Educação de Portugal. Direcção Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular. Lisboa, 2007. Disponível em: http://www.esev.ipv.pt/mat1ciclo/temas%20matematicos/070_Brochura_Geometria.pdf. Acesso 23 abr. 2017.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1986.

MATOS, José Manuel; GORDO, Maria de Fátima. Visualização Espacial: algumas atividades. Educação Matemática. Lisboa, PT, nº 26, 1993, pp. 13-17.

MENDES, Maria de Fátima; DELGADO, Catarina Coutinho. Geometria: textos de apoio para educadores de infância. Ministério da Educação de Portugal, Lisboa, 2008.

PIAGET, J; INHELDER, B. A representação do espaço na criança. Trad. Bernardina M. de Albuquerque. Porto Alegre: Artes Médicas, 1993.

PIROLA, Nelson Antônio. Solução de problemas geométricos: dificuldades e perspectivas. 2000. Tese (Doutorado) - Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas.

SCHAIDA, Lysania Frissélli F. dos Santos; PALMA, Rute Cristina Domingos da. Matemática e educação infantil: mapeamento das dissertações e teses defendidas no Brasil no período de 2007 a 2011.Anais. XI Encontro Nacional de Educação Matemática, 2013. Curitiba: SBEM, 2013. Disponível in: . Acesso em 04 maio 2018.




DOI: https://doi.org/10.23925/1983-3156.2019v21i5p205-216

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


INDEXADORES DA REVISTA