Mulheres na História da Ciência: uma década de publicações nas revistas Química Nova e Química Nova na Escola

Letícia do Prado, Daniele Fernanda Rodrigues

Resumo


Resumo

Neste trabalho, apresentamos uma caracterização da produção acadêmico científica vinculada aos periódicos Química Nova e Química Nova na Escola sobre os temas “história da ciência” e “mulheres na ciência” associados ao ensino de química ou de ciências de forma geral. O objetivo principal do trabalho é analisar a frequência e o tipo de abordagem que se tem feito sobre a participação feminina na história da química/ciências. Para isso, partimos das publicações dos últimos dez anos destes periódicos, reconhecidos no Brasil por sua ampla divulgação na área de Química e Ensino de Química. Foram identificados 30 trabalhos publicados sobre essa temática, destes apenas três mencionavam a história de uma cientista mulher. Podemos afirmar, portanto, que de forma geral a história da ciência ainda é pouco utilizada como metodologia de ensino e que a participação feminina é ainda muito menos comum em suas publicações. Esse cenário necessita de maior atenção dos pesquisadores, para que o trabalho das cientistas seja igualmente divulgado servindo de exemplo e inspiração para as mulheres do público geral e para as alunas de ciências. Evidencia-se, por fim a intrínseca necessidade de aliar os fatores sociais, históricos e culturais à compreensão da natureza da ciência, do trabalho científico e de seu ensino.

Palavras-chave: História da Ciência; História da Química; Mulheres na Química.

Abstract

In this work, we showed a characterization of the scientific academic production linked to the journals Química Nova and Química Nova na Escola about the “history of science” and “women in science”. The main objective of this work is to present the frequency and type of approach that has been taken on the participation of women in the history of chemistry from the publications of the last ten years of these journals, recognized in Brazil for their wide dissemination in the area of Chemistry and Education of Chemistry. Thirty papers published on this subject were identified, of which only three mentioned the history of a female scientist. We can therefore conclude that in general the history of science is still little used as a teaching methodology and that female participation is still much less common in its publications. This scenario needs more attention from researchers, so that the work of scientists is equally publicized as an example and inspiration for women of the general public and science students. Finally, there is an intrinsic need to combine social, historical and cultural factors with an understanding of the nature of science, scientific work and its teaching.

Keywords: History of Science; History of Chemistry; Women in Chemistry.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2178-2911.2019v19p54-70

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM