ELECTRO METALLURGICA BRASILEIRA: HISTÓRIA DA CIÊNCIA E DA TÉCNICA COMO OBJETO DE ESTUDO E DE ENSINO

Marcelo Luis de Brino, Pedro Wagner Gonçalves, Daniel Ferraz Chiozzini, Natalina Aparecida Laguna Sicca

Resumo


Resumo

Este trabalho considera a História da Ciência como campo multidimensional que pode contribuir para interconectar diferentes disciplinas por meio da integração curricular. O ponto de partida do ensino e da aprendizagem contextualizados foi a história da Electro Metallurgica Brasileira, foi um empreendimento que reuniu cafeicultores e ações governamentais para criar uma siderúrgica em Ribeirão Preto, interior de São Paulo na década de 1920. A história dessa usina mostra os desafios e as tomadas de decisão diante das controvérsias tecnológicas da época quanto ao uso de alto forno elétrico, melhor combustível e redutor (carvão mineral ou vegetal), bem como a localização da siderúrgica. Dois engenheiros (João Pandiá Calógeras e Luis Felipe Gonzaga de Campos) com forte formação geológica e metalúrgica tiveram papel de importante na definição e orientação de políticas de desenvolvimento industrial mas divergiam quanto às melhores opções para criar a siderurgia nacional. A discussão dessas controvérsias ajuda a compreender que o desenvolvimento científico não é progressivo, nem linear embora esteja vinculado a necessidades tecnológicas e econômicas.

Palavras-chave: História da Ciência, Ensino de Ciências, História da Técnica, siderurgia, História do Brasil

Abstract

History of science is a multidimensional area of knowledge in order to connect different disciplines upon a curricular integration. The point of start to situate the teaching and the learning is the technological history of the iron and steel enterprise of Ribeirao Preto steelworks happened in 1920’s years. The coffee farmers and government authorities promoted the effort to create the steelworks in the county of the country. The challenge was to choose by the kind of industrial technology. That time, researchers disagreed about the place, the technique, the kind of fuel which would be used with better utility. Two engineers with a strong geological and metallurgical formation exemplified the technological controversies: João Pandiá Calógeras and Luis Felipe Gonzaga de Campos. They advocated differently on electrical furnace, kind of steel conversor, as well as the place of the enterprise. The main findings shows up the history of science helps to understand the challenges of the past and the controversial side of scientific development.

Keywords: history of science, teaching of sciences, history of technic, iron manufacture, history of Brazil


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2178-2911.2019v20espp330-344

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM