Gramática: ensino da disciplina metalinguística na cultura ocidental brasileira

Carlos Alexandre Molina Noccioli, Giovanna Maria Abrantes Carvas

Resumo


Resumo

Este artigo é parte de um estudo histórico e comparativo acerca do ensino de língua padrão enquanto ciência linguística, inserido na tradição ocidental do fazer gramática. Discorremos a partir de um resgate da história em torno da disciplina gramatical desde a Antiguidade Clássica, a fim de estabelecermos pontos de contato com uma gramática brasileira situada no pós-NGB (Nomenclatura Gramatical Brasileira), especialmente o livro Sintaxe clássica portuguêsa de Cláudio Brandão.

Palavras-chave: História, Ensino de gramática, perduração ideológica

Abstract

This article is part of a historical and comparative study of standard language teaching as a linguistic science, embedded in the Western tradition of grammar making. We draw from a rescue of history around grammar discipline since Classical Antiquity, in order to establish points of contact with a Brazilian grammar located in the post-NGB (Brazilian Grammatical Nomenclature), especially the Cláudio Brandão’ book Sintaxe clássica portuguêsa.

Keywords: History, Grammar teaching, ideological perduring


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2178-2911.2019v20espp598-609

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM