Uma visão global sobre os pacemakers cardíacos: Ensino Baseado em Casos no 9º ano de escolaridade

Maria João Mendonça, Rosa Costa, Luís Calafate, Clara Vasconcelos

Resumo


Resumo

Nas últimas décadas, a pesquisa em Ensino de Ciências tem evidenciado a relevância do papel desempenhado pela História da Ciência no ensino e aprendizagem das mesmas. É tão importante aprender ciências como aprender sobre ciências e esta compreensão sobre o que é a ciência envolve tanto reconhecer a sua inserção num contexto social, como também ter uma ideia de como é construído o conhecimento científico e de que forma este se diferencia dos saberes do quotidiano. A metodologia de Ensino Baseado em Casos (EBC), rompeu décadas de ensino meramente transmissivo e enquadra-se na perspetiva socioconstrutivista da aprendizagem, onde o professor é mediador e os alunos trabalham em grupos e aprendem com os seus colegas. Esta metodologia de ensino parece assim vantajosa, uma vez que os alunos desenvolvem habilidades de trabalho colaborativo e resolução de problemas, além de dotar os alunos com âncoras mentais para os fatos, conceitos e princípios a serem estudados e assimilados. Reconhecendo a potencialidade desta metodologia de ensino e a faculdade da HC no ensino das ciências, foi proposto um caso que espelha a história do avanço científico e tecnológico dos pacemakers cardíacos. O estudo, ainda em desenvolvimento, irá incidir numa amostra de conveniência (n=26) constituída por alunos do 9o ano de escolaridade de uma escola pública de uma zona urbana do norte do país.

Palavras-chave: História da Ciência; ensino baseado em casos; pacemakers cardíacos

Abstract

In recent decades, research in science education has highlighted the importance of the role played by HC in teaching and learning. As Matthews (1995), is so important to learn how to learn science as to learn science. This understanding of the Science involves both recognize the insertion in a social context, your as well as get an idea of how scientific knowledge is constructed and how this differs from knowledge of everyday life. The case-based teaching methodology broke decades of teaching merely transmissive and fits on social constructivism theory perspective of learning, where the teacher is a mediator and the students work in groups and learn from their colleagues. This teaching methodology seems so advantageous, since students develop job skills and collaborative problem-solving, in addition to providing students with mental anchors for the facts, concepts and principles to be studied and assimilated. Recognizing the potential of this methodology of teaching and the power of HC in science teaching, it was proposed a case that mirrors the history of scientific and technological advancement of pacemakers. This study, still under development, will focus on a convenience sample (n=26) consisting of students from the 9th grade level of a public school in an urban area in the north of the country.

Keywords: history of science; case-based teaching; pacemakers.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2178-2911.2019v20espp802-810

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM